quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

Será Designo... Verônica Mell

Costa Amalfitana - Sorrento

                Sozinho, o coração
                esqueceu a canção.
                Perdeu-se silente,
                bem pouco contente.

               Voou ao vento
               sem um acalento.
               Vestiu-se de lua,
               perdeu-se na rua.

               Sofreu de saudade,
               na imensidade...

               Triste,triste!
               A tristeza insiste,
               andar a seu lado.
               O coração calado,
               na noite sombria,
               percebeu a idiotia.

               Morreu e,não viu
               o amor que partiu.
               Foi-se o sonho...
               O dia risonho!

              Houve tanta doideira
              no tal amor sem eira,
              que o coração a mil
              partiu-se em abril !
              Ah! O amor maldigno,
              cumpriu seu designo?!

                                      (fev. 2016)

       

Nenhum comentário:

Postar um comentário