quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

ENGANO - Verônica Mell

Paris - França


                   Louca ,te amei.
                   Deixei de ser eu.
                   Não vi a mim.
                   Vi em ti o rei,
                   Meu senhor!
                   Construí castelos,
                   Vivi neles...
                   Meus sonhos de amor.

                   Só voltei
                   Olhei tudo...
                   Um grande vazio!
                   Vi em ti o deus
                   E,nem reino tinhas.
                   Olhei outra vez
                   E, encontrei a mim.
                   Eras um passante,
                   Simples caminhante.
                   Enganei-me :
                   NÃO ERAS NINGUÉM!!!

      ( do livro :"RETRATO BREVE COMO O VENTO "- Verônica Mell -1996 )

Nenhum comentário:

Postar um comentário