quarta-feira, 20 de março de 2013

Ladeira - Verônica Mell

Positano - Itália


      Lá naquela ladeira,
      Acontece um passa-passa.
      Passa gente apressada,
      Passa gente mal-humorada,
      O menino também passa.
      Passa soldado armado,
      Passa homem calado,
      O verdureiro,também passa.
      Passa mulher costureira,
      Passa outra, enfermeira,
      Gente bonita passa,
      De "chita" também passa.
      O dia inteiro é um passa-passa,
      O sobe e desce da ladeira...

      Passa minuto,
      Passa hora,
      O tempo passa,
      Passa a vida...
      Só você
      É que não passa!!!

Trovas Brejeiras - Verônica Mell

Mosteiro de Santa Maria da Vitória ( Mosteiro da Batalha ) - Portugal


        Andando,aí, estava eu
        no jardim enamorada...
        Em mim,o vento que bateu
        sussurrou : - Olha na calçada!

        Bate-bate,a saudade minha,
        assusta o coração meu.
        Tristeza,aí se aninha...
        E tudo...até se perdeu ?!

        Vinha lá,bem disfarçado
        o amor em campo florido.
        O coitado destrambelhado
        ficou triste e mais dorido!!!

        Avistei, bem ,da minha janela
        o doce sorriso, que é teu.
        E, abrindo-se só a tramela...
        perdi eu,o coração meu!!!

        Se deres mais uma boa olhada
        aqui,nos pequenos escritos...
        Verás da alma alguns gritos
        São saudades em manuscritos!