terça-feira, 18 de abril de 2017

AO UNIVERSO - Verônica Mell

Londres - Inglaterra



           Emocionada, agradeço
           a vida e seu reverso
           no Universo...
 
           Nem tudo é grácil
           e nem muito fácil.
           Um malabarista,
           assim somos nós.
           Ora ditosos...
           e, ora chorosos.
         
           Arrependo-me
           quase nada!

           Embalei os sonhos
           nos versos do poema.
           Fiz uma aliança
           e, a poesia avança.
           Acolheu-me nos braços,
           quão fortes nossos laços!
           Era possível ... Tangível!
         
           Em nova etapa,
           vou pegar o mapa,
           volto num segundo.
           Conhecer o mundo,
           ir sempre mais além!...

           Embala os sonhos meus,
           o desconhecido enxerido.
           Desafiante!... Intrigante!
         
           O caminho se abrevia,
           em passo mutante...
           Há de se partir um dia,
           seja agora ou lá adiante!

           Agradeço ao Universo
           que sempre conspira
           a favor e, alumia a vida,
           quando se faz dormida!
   
                                     (18/04/2017)