quarta-feira, 11 de julho de 2018

UM SINAL - Verônica Mell

Valparaiso - Chile

       Falei ao vento outro dia que
       da saudade havia me esquecido.
       E ele me respondeu :
       - Mentira...

       Falei mais alto, que parei
       algum tempo de ter saudade.
       Criei uma nova abordagem.
       Mentira! Apenas, miragem!
       - respondeu -

       Agora, quero andar distraída
       espiando as pessoas e a vida,
       somente !...
       Desculpa frágil.Você mente!
       - diz ele -

       Caminho devagar e olho as janelas
       e perco-me contando estrelas...
       Sem explicação... deixo a pressa.
       Mas... Que nostalgia é essa?!
       O vento sorriu e disse:
       - A Saudade chegou! Afinal dá sinal !
   

                                     ( julho 2018 )

     
     
     

A VOZ - Verônica Mell

Valparaiso - Cerro Concepcion - Chile


     A lua e as estrelas alumiam
     a solidão da alma desolada,
     numa mensagem secreta.
     Admite o poeta...

     Palavras mudas que se perdem
     no silêncio consciente das amarras,
     surgem num momento estagnado
     de um anseio sempre frustrado.
 
     Uma voz prisioneira no tempo
     conduz ao derradeiro desalento.
     É ... seu passional intento!

     É hora de viver um novo amor,
     repete a voz.
     A vida mal-amada,fica triste !

     É hora de entregar-se a paixão,
     a voz balbucia.
     Esquece a triste nostalgia do dia,
     mergulha na doce euforia do risco
     e, saboreia devagar como petisco!

                              ( julho/ 2018 )

domingo, 8 de julho de 2018

CANÇÃO DE ESTRELAS - Verônica Mell

Rosenborg Castle - Dinamarca
 

      A lua derramou sua luz breve
      pela cidade. Como ela se atreve?
      Deteve-se na janela,subiu a escada
      e... o sonho de amor virou nada!

      Dá impressão de rosa desfolhada
      a alma em estado de melancolia.
      E, o que sonhamos juntos... Cria
      o estranho silêncio, a ação velada.
   
      Às vezes, faço e refaço por alento,
      o caminho na longa madrugada...
      Então, sem gestos, assisto parada
      o sonho de amor morrer ao vento.

      Talvez do outro lado, seus olhos
      vejam sentido numa noite estrelada. 
      Vejam eles, o que não vejo a frente,
       nem que com esforço me concentre!

 
                                       ( julho/ 2018 )
       
                                 






terça-feira, 3 de julho de 2018

O JOGO DA VIDA - Verônica Mell

Ceará - Brasil


      Hoje,aquela que eu sou partiu-se em cacos
      e, quando pegou um deles cortou-se toda,
      sangrando até a alma...

      Olhou para o chão,abaixou-se e recolheu
      todos aqueles que a desafiavam....
      Juntou os pedaços um a um, formando
      um grande quebra cabeça espelhado.
      Virou daqui e virou dali, algumas peças
      furtivas não se encaixavam...
      Mesclando-se num conjunto caótico!

      Ficou assim por um longo tempo
      jogando o jogo da vida. Só...
      Nem sempre pelos melhores motivos!

      Refletindo muito, percebeu que viver,
      às vezes, pode ser algo insólito ...

      Pensou...  pensou por longas horas,
      em seguida escolheu um novo atalho.
      No roteiro da vida em longa-metragem,
      surge variações de um grande bem :
      um script  repleto de sonhos...
      E.. .deixou-se correr atrás deles!

                     ( junho / 2018 )

terça-feira, 12 de junho de 2018

BODAS - Verônica Mell


Lubeck , Lubeque - Alemanha

       Deixei-me ficar em abraços,
       em diferentes ângulos...
       sob um céu azul !
       Deitei-me na relva molhada,
       sonhei com você... Acordada!

       A hora espreitava o dia,
       esperando a tarde chegar.

       Li uma história nos retratos
       de bons momentos saudosos.
       Não quero parar no tempo...
       Vem... ! Vem me salvar!

       Amor! Vem agora!
       Descansa da noite em meus braços,
       celebra nossas Bodas de Nácar!
   
       Tece nosso amor sem regra
       ou teorema...
       Permite a alma desnudar-se,
       larga o medo de amar!

       Amor, aguardo aqui.
       PS : Num poema!

                                 ( 12/06/2018 )


segunda-feira, 4 de junho de 2018

FLASHES - Verônica Mell



Vila medieval francesa Saint - Émilion - 



      No embalo dos trilhos a alma se lança
      por locais distantes.
      Uma gostosa manhã de flashes únicos:
      trigais ondulantes,castelos medievais,
      ruas de pedras,cenas de pássaros,
      fontes que cantam..
      Ah! O ar boêmio de um artista!

      É a bela natureza tão intensa
      que nos observa...

      Pensamentos em voz alta disparam,
      há tantas coisas que pairam no ar.
      Tantas coisas! Tantas coisas!
   
      Eu... ?!
      Bem acordada!
      Mas, a alma viaja
      no serpentear do embalo.
      Todos os espaços preenchidos,
      é o corpo e a alma sem culpa,
      ungidos por uma força maior!

      Ouve-se risos...
      portas se abrindo,
      sem ausências.

      Retratos de paisagens...
      sentimentos desnudando-se!

      Tudo se entrelaça:
      o aroma do lugar,
      o sabor da viagem
      que corre pelos trilhos.
      Ao longe,o tocar dos sinos!

      A Esperança com seus Cânticos,
      e a Trama dos Sonhos que nos leva
      muito além do conhecido...


                              (São Paulo,maio / 2018 )
   
   

sábado, 17 de março de 2018

ANIVERSÁRIO - Verônica Mell


Maceió - Alagoas - Brasil


      Um brinde... !
      A todas as histórias da minha vida!
      Que a menina que mora em mim prevaleça,
      que essa moça sonhadora não me esqueça.
       
       Um brinde
       a essa poesia que me acompanha!
       Ao mar... aos céus. E as estrelas,
       que me tornam tão feliz, ao vê-las!

       Um brinde
       ao alvorecer de um novo dia,
       ao brilho do luar,
       a beleza do lugar!
 
       Um brinde
       aos bons momentos!
       E, aqueles nem tão bons assim,
       que ao chegarem pra mim
       moldaram meu ser...
       Sem eu saber!

       Um brinde
       muito especial aos meus filhos.
       Filhos do amor!

       Um brinde a você
       que é parte da minha história!

       Um brinde a vida...!

       Meu agradecimento em louvor
       ao Senhor...
       por permitir que eu viva,
       recebendo tantas bençãos!!!

                               (17/03/2018)