sábado, 12 de dezembro de 2015

O TEMPO - Verônica Mell

Kusadasi - Turquia

                   O tempo dirá
                   do amor que ficar.
                   O que se fará?
                   Não sei bem dizer.
                   Promessas são tantas,
                   mentiras em vão.
                 
                  O tempo dirá do amor,
                  amor meu...
                  O encanto espontâneo
                  do seu riso,
                  desceu pelo rio
                  e correu para o mar.
                  Mais adiante,
                  o milagre do amor,
                  fez o poeta sonhar...
                  Enfim,a noite surge.
                  Além,muito além,
                  os sons do sino,
                  ouvido na vila.
                  A saudade que fica,
                  se agita em mim,
                  colou e não sai.
                  Muda o cenário,
                  amor meu...
                  Muda você e eu!
                  Completamente feliz,
                  o coração abre a porta.

                  O tempo dirá:
                  o que importa!!!

                                         (dez. 2015)

Nenhum comentário:

Postar um comentário