sábado, 29 de outubro de 2016

Elegia A Saudade - Verônica Mell

Museo Larco - Peru
         
       Dos tantos milagres
       da minha vida...
       aí está você, filha!

       Quando a vida
       fez uma curva
       e a lente ficou turva,
       Abriu -se outras portas!
       Do meu jardim excluí:
       as folhas  mortas...

       Dias bem azuis,
       caminhos coloridos...
       Nos de chuva ou doridos
       ao vê-los dormindo,
       das mazelas ficava eu imune.
       Tanta coisa vem e se reúne!

       Minh'alma adentra
       os dias de outrora ...
       Momentos a me alcançar,
       outros saem a debandar...
       Abençoada eu, por tê-los
       nem acredito ao vê-los!


       Meu bebe lindo...
       Hoje... linda mulher!
       Quando cresceu?!
       Eu não vi...
       as vezes quero
       a menina de volta.
       Mãe é controversa!

       Hoje é seu dia,
       chega de conversa.
       Vamos sem horário,
       andar de braços dados.
       É dia de festa...
       Feliz aniversário!
       Saúde,paz e amor.

       Grandes projetos
       e muitos dias
       de sonhos repletos!
       Que a Luz seja seu guia.
       Sonhos e Esperança,
       reza a cartilha.
       Minha eterna criança!!!
     
                                     (29/10/2016)

Nenhum comentário:

Postar um comentário