domingo, 17 de janeiro de 2016

Maldade - Verônica Mell

Copenhague - Parque Tivoli

             Falam de nós.
            - Aqueles dois a sós...
             Quanta inverdade!
             Pura maldade,
             Não ligue,meu bem,
             Fui avisada também.

             Sou sua amada,
             Mais nada!
   
             Nosso amor pouco comum
             Tem a verdade de cada um.
             Tanta inveja de quem
             Não tem um querer bem.

             Quer que eu diga?
             Estou feliz...
             O que você me diz?!
             Não se aborreça,
             Esqueça.

             Apague a luz,
             Venha dormir.
             Comentam nosso caso...
             É puro descaso!!!

          ( do livro: "Retrato, Breve Como o Vento "-Verônica Mell - 1996 )

       

Nenhum comentário:

Postar um comentário