domingo, 26 de março de 2017

Banco De Jardim - Verônica Mell


Montmartre - Paris - França



         Lembranças me levam
         em seus braços...
         numa rua sem-fim!
         No carrocel, ao meu lado,
         fico tonta de girar assim.

         Ora sorrindo alegres,
         ora viram um motim.
         Bem! Sem motivo
         perceptivo. Enfim...
       
         Vejo-as e as observo.
         Soltam-se em avenidas,
         por pitorescas vielas,
         saltam num trampolim.
         Sento-me junto a elas,
         todas olhando pra mim!

         Há uma ciranda de roda,
         estrelas cintilam no céu.
         No beco cheio de música,
         a luz da Lua surge na rua.
         O vento,em atuação,
         desfolha as árvores,
         com um suave farfalhar.
         Diluí-se a solidão!

         Na paisagem lírica
         da volta,revelação :
         a alma beberica
         um perfume de jasmim.
         A lembrança se reencontra,
         sim,menos desolada...
         no banco do meu jardim!
       
       
                    (março 2017)

Nenhum comentário:

Postar um comentário