quarta-feira, 8 de março de 2017

CONTRA - SENHA - Verônica Mell


Atenas - Grécia


              Seu sorriso trapaceiro
              amado,faceiro...
              Que levado,
              me prende num laço!
              Faço e refaço
              o caminho de volta.
              É, sem-volta ...
              Há nada, além!
              Há nada, porém,
              que nos entretém.

              Um sorriso faceiro,
              trapaceiro...
              Leva-me sorrateiro!
              Mas... primeiro
              uma foto,
              daquilo que noto.
              Se passo, atropelo.
              Se fico,eu duelo
              com a saudade.
              Que maldade!

              No sorriso levado,
              meu doce amado,
              me perdi...
              O caminho não vi!
              Juntos ...
              com mel seja selado,
              nosso passado.
              Meu carinho?
              Aceite!
              O amor, por deleite.
              Amor! Nossa senha
              e... contra-senha !

                               (8 de março de 2017)

Nenhum comentário:

Postar um comentário